domingo, 23 de agosto de 2009

A História do Ganso

Não me tem apetecido postar absolutamente nada. As tardes quentes vão passando e vou ficando sem apetite para isto. Até que me decidi, era hoje o dia! Vesti o pijama, meti-me na cama e liguei o portátil.

A contagem decrescente para o início das aulas é cada vez mais pequena e os livros já foram encomendados. O 9º ano está a chegar. Mas por enquanto há que continuar a aproveitar as férias :)

Apresento-vos também um Mão na Massa com nova imagem. Mais leve, mais simples, mais fresca. Espero que gostem!

Esta receita foi uma experiência que fizemos. A mãe e o pai foram dois cientistas desta importante missão e parece que correu muito bem!

A familia juntou-se, o ganso foi para a panela, e o resto é história.

Ganso Cerejado - 4 pessoas

½ ganso cozido e desoçado
Physális
Ameixas secas descaroçadas
Alho françês às rodelas finas
Cebola às rodelas finas
Alhos
Pêssegos
Cogumelos frescos laminados
1 cálice de vinho do Porto
Azeite
Sal e Pimenta q.b.

Numa wok, deitar um fio de azeite e a cebola. Deitar seguidamente os alhos cortados e o alho françês. Deixar alourar.
Desfiar grosseiramente o ganso e reservar. Juntar os cogumelos e o ganso no refogado. Temperar. Cortar as ameixas em metades. Colocá-las no refogado juntamente com os pêssegos às rodelas e os physális. Deixar dourar.
Regar tudo com o vinho do Porto e envolver. Deixar apurar.
Servir com arroz de pimentos feito com a água de cozer o ganso.

13 comentários

Canela disse...

Parece-me saborosa...apesar de nunca ter comido ganso,esse bicho cujo "soprar"me aterrorizava em míuda...:))
A carne deve ser semelhante à do pato,não é?
Beijinhos

Mão na Massa disse...

Sim, é bastante semelhante à do pato :)

sonia disse...

oioi
tenho um selinho para ti no meu blog.
beijos

Dulce disse...

Olá Ana,
Cheia de vontaade para começar o novo ano? Este é de mais responsabilidade, mas estás à altura, sei disso. A tua receita deve ser deliciosa, mas "coitadinho do ganso:(", é que sou vegetariana, por isso toca a experimentares comidas vegetarianas, se quiseres dou-te algumas, mas não me matemmmmmmm os gansos:))
Beijinhos
Dulce

Alexandre disse...

Parece muito boa, apesar de nunca ter provado.
Boa sorte para o próximo ano lectivo. ;)

Tiago Lopes disse...

Ora cá está uma ave que não vemos cozinhada muitas vezes pelos blogs culinários! Excelente!!

Dulce disse...

Olá Ana,
Passei por aqui para te desejar um feliz fim de semana, aproveita que está quase a acabar a boa vida:)
Beijinhos
Dulce

Ana Powell disse...

E o resto é história? O resto é uma autêntica delicia.
As tuas receitas são sempre divinais.
Desfruta das férias x

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá Ana,

Como eu te compreendo!...
Com estes dias de calor tudo o que apetece é passear, rir muito e não pensar em nada!
As férias são sempre tão curtas que há que aproveitar os dias até ao último raio de sol! :)

Esse dia a cozinhar em família deve ter sido memorável!...imagino bem como deve ter sido divertido ter o pai e a mãe na cozinha empenhados nesse belo manjar!

O ganso ficou muito especial com esse tempero agridoce e o arroz feito com a água de cozedura deve ter feito um acompanhamento fantástico!

Gostei do teu blogue de cara lavada!...ficou mais fresco, mais leve e faz sobressair mais as tuas imagens! :)

Um beijnho,

Leonor

Flor de Sal disse...

Pois eu devo confessar que nunca comi ganso! Mas qrovar essa sua receitinha!

disse...

oh ana este prato tem uma cor fantástica. devia ter sido uma delicia.

Mamã Catarina disse...

É tão giro quando se juntam vários elementos na cozinha, parece que a comida até sabe melhor! Ganso nunca provei, mas no teu prato ficou com óptimo aspecto :)

O tempo passa mesmo a correr! Ainda ontem eu estava a saber as notas da minha filhota, e no entanto já me preparo para comprar os livros e o material escolar para este 2º ano! Chiça :)

Beijinhos e boa semana!!

Cor de Mel disse...

HUUUMMMM que aspecto divino!!!
Beijocas,
Lia.

© MÃO NA MASSA
Maira Gall